(21) 2436-0800 - (24h)

Você já ouviu falar em gravidez psicológica em animais? Essa doença é conhecida como pseudogestação ou pseudociese e é fruto de uma desordem hormonal, podendo afetar também as cadelas, principalmente aquelas que não são castradas.

É muito semelhante à gravidez psicológica em humanos, em que a fêmea apresenta todos os sintomas físicos e comportamentais de uma gravidez, mas não está de fato esperando filhotes. Estima-se que cerca de 70% das cadelas fêmeas apresentam o distúrbio pelo menos uma vez na vida.

Normalmente, é uma condição passageira, mas pode causar diversos incômodos para as cachorrinhas. Quer saber mais sobre os sintomas, as causas e os tratamentos? Continue lendo o artigo, pois trouxemos algumas informações importantes e as orientações caso sua cadela esteja apresentando esse quadro.

Sintomas de gravidez psicológica em cadelas

Os sintomas são muito semelhantes aos de uma gestação normal, o que pode confundir alguns tutores que acreditam que a fêmea está realmente esperando filhotes. Na maioria dos casos, o tutor só percebe que a gestação é psicológica quando a cadela começa a utilizar objetos como “crias” e passa a ficar agressiva.

Além dos sintomas clínicos, também há mudanças comportamentais. Confira a lista de sintomas mais comuns:

* Inchaço nas glândulas mamárias;
* Produção de leite para amamentar;
* Inchaço abdominal, ganho de peso;
* Apego a objetos usando como “crias” (brinquedos, almofadas e até mesmo meias podem virar “filhotes”);
* Agressividade e possessividade com o ninho;
* Falta de apetite;
* Depressão.

A média de duração dos sintomas é de duas semanas. Devido às alterações hormonais, a pseudogestação pode acontecer em qualquer um dos cios e, muitas vezes, não apresenta sinal clínico que chame a atenção.

O que fazer se a fêmea apresentar sintomas?

A primeira atitude ao desconfiar que sua cadela está enfrentando uma gravidez psicológica é levá-la ao médico veterinário para que ele possa avaliar os sintomas, realizar os exames necessários e indicar o melhor tratamento.

Por ser um quadro “psicológico”, muitos tutores deixam de levar o animal de estimação ao veterinário, porque não dão tanta importância. No entanto, é um distúrbio que precisa ser levado a sério, pois pode desencadear outras doenças mais graves. Todo o desequilíbrio hormonal causado pela pseudogestação pode fazer a fêmea desenvolver câncer ou endometriose. Outro risco é de infecções graves nas mamas, já que a fêmea produz leite e não tem filhotes para mamar, podendo empedrar e causar mastites. E, claro, existe também o risco psicológico da cadela desenvolver um quadro mais sério de depressão, que pode persistir mesmo após o desaparecimento dos sintomas da gravidez psicológica.

Por isso, reforçamos a importância de buscar ajuda profissional o mais breve possível.

    Tratamento e prevenção da pseudogestação

    O quadro de gravidez psicológica, normalmente, se resolve “sozinho” em cerca de duas semanas. No entanto, existem tratamentos para diminuir esse tempo e também para evitar que as doenças acima citadas sejam desencadeadas.

    O médico veterinário faz uma análise de cada caso para identificar corretamente a situação da fêmea, a condição clínica e os riscos. Dessa forma, ele fornecerá todas as orientações ao tutor com o melhor tratamento para seguir.

    Alguns tratamentos incluem uso de colar elizabetano ou roupa cirúrgica ou medicamentos para alterações comportamentais ou controle dos sintomas. O profissional também recomendará algumas medidas práticas, como esconder ou não os itens usados como “crias”, oferecer petiscos, entre outros.

    A melhor forma de prevenir a doença é a castração. Ela evita que a cadela entre no cio e, dessa forma, reduz as chances de ter algum tipo de alteração hormonal. Além disso, a castração também diminui significativamente o risco do animal desenvolver outros tipos de doenças graves, como câncer de útero e de mama. Converse com o seu médico veterinário sobre o procedimento e veja todos os benefícios.

    Identificou os sintomas e precisa encontrar um profissional qualificado para tratar do quadro? A UPA PET oferece atendimento 24h, com estrutura completa e equipe altamente qualificada.