(21) 2436-0800 - (24h)

Você já ouviu falar da Leishmaniose? Ela é uma doença causada por um parasita que se instala no organismo do hospedeiro através da picada do mosquito. Essa doença representa um grande risco para seus amigos caninos e também para você e seus familiares. Por se tratar de uma zoonose – doença que afeta animais e humanos e pode ser transmitida de um para o outro – o cuidado deve ser dobrado!

Tipos de Leishmaniose

Existem dois tipos de Leishmaniose: a cutânea e a visceral.

A doença do tipo cutânea pode aparecer entre 2 semanas a 2 meses após ter ocorrido o contato com o mosquito ou com outro animal infectado. Ela se apresenta na forma de úlceras circulares na pele com pus, porém indolores.

A Leishmaniose visceral é um tipo mais grave e que merece muita atenção. Podendo ter um período de incubação de 5 meses a vários anos. Quando essa doença se manifesta, costuma se espalhar rápido, podendo ser fatal para seu bichinho.

Sintomas da Leishmaniose visceral

Alguns dos sintomas notados em animais infectados com o parasita da Leishmaniose são:

Problemas de pele (coloração prateada na pele, descamação, lesões e feridas);
Infecção nas patas;
Perda de peso;
Feridas na orelha;
Dificuldade de cicatrização de machucados;
Presença de nódulos e caroços.

Além desses sintomas, existem casos em que os órgãos do animal podem ser afetados, por isso fique atento às funções motoras e fisiológicas do seu bichinho!

    Tratamento e prevenção

    Por se tratar de uma doença que não possui cura, a melhor maneira de evitar a contaminação é por meio da prevenção. A Leishtec é a vacina indicada – e utilizada por nós – para prevenir essa doença em seu pet. Por se tratar de uma doença transmitida através de um mosquito, a vacinação é o melhor método para se prevenir.

    Devido ao alto índice do mosquito Aedes Aegypti, o número de casos de Leishmaniose vem crescendo. Por isso, vacinar seu pet o quanto antes é a melhor maneira de protegê-lo!

    Quando devo vacinar meu pet contra a Leishmaniose?

    Para vacinar seu animal contra a Leishmaniose, é necessário que o pet tenha ao menos 4 meses de vida. O procedimento é simples: antes da vacinação, é realizado um teste para verificar a presença de anticorpos contra a Leishmaniose para assim garantir que o animal já não tenha sido infectado. O resultado do teste sai na hora!

    A primeira vacinação é dividida em três doses, possuindo um intervalo de uma semana entre cada dose. É importante respeitar o intervalo certinho para que a imunização seja concluída corretamente. Caso você perca o prazo, o ciclo de vacinação deverá ser recomeçado.

    Após essa primeira vacina, reforços anuais com doses únicas ajudam seu pet a se manter protegido da doença.

    A UPA PET oferece vacinas de qualidade a preço popular. Agende sua consulta e venha proteger seu pet. Para vacinação, não é necessário agendamento. O atendimento é feito por ordem de chegada.